Início / Filosofia / É Tempo de Consciência

É Tempo de Consciência

Templo da Consciência

O projeto “Templo da Consciência” nasceu da necessidade de alterar a forma como nos relacionamos enquanto sociedade.

Se você não concorda que precisamos mudar a sociedade, provavelmente as coisas não farão muito sentido prá vc aqui, ok?

Além de juvenil, estou consciente de que parece napoleônico, no sentido mais louco e pretensioso da palavra, mas o fato é que o Templo (até o nome é provisório) é uma iniciativa que pode produzir grandes resultados ou nenhum resultado.

Tudo ou nada..

.. ou talvez deixar uma semente.. quem sabe..

.. depende de uma série de fatores.

Um aspecto “esquisito” e desconfortável para muitos é a proposta de autogestão.

As pessoas ficam meio desconfiadas diante de algo que não tem referências claras, porque desde pequenos somos treinados a seguir instruções de um líder.

É impressionante como o nosso comportamento depende do comportamento da massa, e como essa massa segue “certas lideranças”, ainda mais nesses tempos de internet e capitalismo tardio.

Nós seguimos a manada.

No Templo da Consciência não existe uma liderança formada, prévia, um comandante, as referências são as próprias pessoas.

(what??)

Isso mesmo, não há uma liderança, um padre, um pastor, bispo, pai de santo, etc., ou qualquer poder pré estabelecido.

Existem fundamentos em torno dos quais se espera uma expansão da consciência..

.. mas esse objetivo é alcançado pela coletividade, como se fosse um grande grupo de estudos autogerenciado, com facilitadores oriundos do próprio grupo.

Se houver aderência, é tudo.

Senão, é nada.

Outro aspecto desconfortável é o conceito de “Umbanda Ampliada e Meio Ambiente” embutido no projeto.

No quesito religião, a maioria das pessoas desconhece a Umbanda e suas conexões com o povo e com o Meio Ambiente, sendo que muitos tem uma visão negativa (preconceituosa) da mesma.

E é exatamente por essa razão, sobretudo no que diz respeito ao racismo, que sufoca a nossa sociedade, que a Umbanda é fundamental.

É Umbanda Ampliada porque não abre mão dos ensinamentos que os Mestres do Universo deixaram para nós.

Jesus é Mestre. Buda também. Krishna.. outros..

E também as Pretas Velhas, as Caboclas Juremeiras.

Só a Umbanda pode nos dar isso.

As dificuldades para um projeto dessa natureza são enormes..

.. de cara, perco 90% dos leitores na primeira vez que citei a palavra “Umbanda”, 10 linhas atrás.

Muito dos 10% restantes eu perco quando cito a palavra “vegano”.

Não há como falar em alternativas para a humanidade sem passar pelo veganismo.

Isso choca muita gente, mas é a real.

Precisamos mudar muita coisa e deixar de explorar os animais é uma das primeiras a se fazer.

Eu sou vegano fresco.

Minha ficha caiu recentemente..

.. não dá prá defender o planeta comendo carne..

.. é só uma questão de entendimento.

Seja como for, movimento religioso com defesa de meio ambiente é coisa nova, “estranha”, deixa muita gente desconfortável.

Todos esses obstáculos apontam para algo improvável de se realizar.

Mas não me impedem de tentar, de vir aqui e te convidar para passar lá no site, se cadastrar, se apresentar, se disponibilizar, enfim..

.. vai que dá certo.

Participe!

Compartilhe esse conteúdo

Veja Também

Terceiro Olho

Alma e Matéria

por Ken O’Donnell – Redescubra a base para a transformação: a diferença essencial entre o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *